NOTÍCIAS

Uma tabacaria bafejada pela sorte

Uma tabacaria bafejada pela sorte

O sonho de ter um negócio por conta própria fez com que Carmo Pestana procurasse alternativas de negócio, numa altura em que estava desempregada. E é por isso que, desde agosto último, juntamente com o marido, ficou com a Tabacaria Penteada, após um trespasse, visto que conheciam os antigos donos. Com muitas ideias para inovar no espaço e também na oferta, Carmo Pestana também já se prepara para o Natal, de forma a ter algo de diferente para oferecer aos clientes.

“Esta tabacaria já existe há 25 anos e vi neste espaço uma oportunidade de negócio”, começou por referir. Apesar das principais receitas serem da venda de jogos, neste espaço há muitos jornais, revistas, serviço de pagamentos e de fotocópias e também alguns artigos que servem para ofertas em ocasiões especiais.

Como recorda Carmo Pestana, está a fazer seis anos que esta mesma tabacaria deu um grande prémio do Euromilhões a uma sociedade, em novembro de 2010. Este prémio ficou para a história, uma vez que saiu meses depois da grande catástrofe que assolou a Madeira, a 20 de fevereiro de 2010.

Apesar de ser tudo ainda “muito novo”, Carmo Pestana está a gostar da experiência. “Ainda não fizemos nenhuma mudança na loja, mas temos essa ideia”, continuou explicando que a maioria do recheio que têm neste momento ainda pertence aos antigos donos. “Queremos modernizar/atualizar os nossos artigos, ao nível dos brinquedos e dos gifts, presentes práticos e acessíveis”, apontou.

O Mercado da Penteada sofreu obras recentemente e atualmente oferece melhores condições, até de estacionamento. Este espaço comercial é muito frequentado e tem clientes fiéis, alguns por causa do grande prémio atribuído e pela sorte que sentem estar associada a este espaço. Há até quem venha de uma zona de fora do Funchal. “É importante saber o que o cliente procura, qual o tipo de cliente, temos sempre essa preocupação”, salientou.

Como o Natal está quase aí, e embora a mudança ainda não esteja feita, a agente tenciona já introduzir alguns artigos novos, como brinquedos, gifts, postais, sacos e papel de embrulho, entre outros. “Estes são os artigos que as pessoas procuram”, referiu.

Apesar de estar tudo a correr bem, Carmo Pestana tem muitas ideias e não vê a hora de as colocar em prática. “Eu faço muitas pesquisas sobre outras tabacarias, até sobre decoração, revistas, vou pesquisando o que fica melhor e o que funciona melhor em termos de exposição de produtos e venda, tendo sempre em conta o nosso cliente”, confessou.

Agora, com o ano a acabar e com muitas ideias por concretizar, seria ouro sobre azul entregar mais um grande prémio. “Era excelente, seria o melhor presente de Natal” rematou.

 

 

Arquivo